Ciências Sem Fronteiras

Ciência sem Fronteiras da Paraíba

O governador Ricardo Coutinho participou, nesta quinta-feira (14), da solenidade de embarque dos 50 alunos selecionados pelo Programa Gira Mundo para intercâmbio no Canadá. Durante o evento, realizado no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, o chefe do Executivo paraibano destacou a importância do Gira Mundo para a Rede Estadual de Ensino, que foi ampliado e terá intercâmbio, ainda este ano, para Portugal e Espanha.

O Programa Gira Mundo – edição Canadá 2017 vai proporcionar que alunos da Rede Estadual de várias cidades paraibanas, a exemplo de Sousa, Santa Rita e João Pessoa, entrem em contato com um dos melhores sistemas educacionais do mundo por seis meses, com hospedagem, alimentação e uma bolsa auxílio no valor de R$ 4,2 mil custeadas pelo Governo do Estado. Ao todo, serão investidos mais de R$ 7,5 milhões com o Gira Mundo, incluindo as modalidades Estudante (Canadá, Portugal e Espanha) e Professor (Finlândia).

“A Paraíba caminha na contramão do País, que acabou com o Ciência Sem Fronteiras, dando um passo para trás na qualificação de nossos estudantes. Este ano, o Gira Mundo duplica o número de alunos da Rede Estadual de Ensino selecionados, com 50 enviados para o Canadá, 25 para Portugal e 25 para a Espanha. Queremos ampliar cada vez mais”, afirmou o Governador.

Saiba mais sobre este programa da Paraíba.

Anúncios
Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Intercâmbio, Notícias - Brasil | Tags: , , , | Deixe um comentário

Doutorado e pós-doutorado na Bélgica

Estão abertas, até 15 de setembro, as inscrições para o programa CAPES/WBI, que tem como objetivo apoiar o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa brasileiros e belgas, nas especialidades de Ciências Biológicas e da Saúde; Agroindústria; Engenharias (nas especialidades: mecânica, transporte e logística, aeronáutica e espacial); e Meio Ambiente.

O Wallonie Bruxelles International (WBI) é o organismo responsável pelas relações internacionais da região belga e tem como um de seus focos de atuação a cooperação internacional na área educacional, com vistas à difusão da sua cultura e ao suporte da inserção internacional de suas instituições de ensino e pesquisa.

A proposta deve ser apresentada pelo Coordenador Brasileiro à CAPES e pelo Coordenador Belga no WBI. As inscrições na CAPES são gratuitas e feitas exclusivamente pela internet mediante o preenchimento do formulário de inscrição. As propostas selecionadas serão contempladas com missões de trabalho, missões de estudo e recursos de custeio.

Fonte: CAPES – Acesse o edital.

 

 

Categorias: bolsas, Ciências Sem Fronteiras, Intercâmbio, Notícias - Bélgica | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Encontro com Universidades Australianas

Nesta terça-feira, dia 8 de novembro, o Consulado Australiano em São Paulo promoveu um encontro com as universidades australianas do grupo ATN – Australian Technology Network e ex-alunos brasileiros que estudaram na Austrália pelo programa Ciência sem Fronteiras. O Prof. Nilo Jeronimo Vieira – Coordenador Geral do Programa Ciência sem Fronteiras e a Profa. Barbara Soares da Assessoria de Relações Internacionais do Centro Paula Souza compareceram ao evento cujo objetivo principal é promover o relacionamento entre as universidades australianas e as instituições brasileiras.

Durante o evento, ocorrido no Restaurante Marakuthai em São Paulo, tivemos a honra de conhecer o novo Cônsul Geral da Australia em São Paulo, Sr. Greg Wallis.

20161108_204612

Prof. Nilo Vieira, Profa. Barbara Soares e Consul Greg Wallis

O ATN (Australian Technology Network of Universities) é uma aliança que reúne cinco universidades australianas que estão entre as melhores do país.

As universidades do ATN focam em tecnologia, inovação e empreendedorismo. Sua excelente reputação entre os empregadores e a indústria gera resultados surpreendentes para seus formandos. Elas preparam seus estudantes para ingressar no mercado de trabalho, dedicando-se à busca do conhecimento e participam efetivamente na construção de uma sociedade mais sustentável para o futuro.

CURTIN UNIVERSITY [Perth]
QUT (QUEENSLAND UNIVERSITY OF TECHNOLOGY) [Brisbane]
RMIT UNIVERSITY [Melbourne]
UNISA (UNIVERSITY OF SOUTH AUSTRALIA) [Adelaide]
UTS (UNIVERSITY OF TECHNOLOGY SYDNEY) [Sydney]

Para mais informações sobre as universidades acesse: https://www.atn.edu.au/

A Australian Centre é a agência oficial do Programa Ciência sem Fronteiras para o grupo ATN. acesse: http://www.australiancentre.com.br/intercambio/site/australia/index.php

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Notícias - Austrália | Tags: , , , , | 2 Comentários

Avaliação do Programa Ciência sem Fronteiras

Caros alunos que participaram do programa Ciência sem Fronteiras pelo Centro Paula Souza. Pedimos a gentileza de responder a pesquisa sobre o programa. Sua participação é muito importante para colhermos informações sobre novos programas acadêmicos.

Pedimos a gentileza de divulgar para os colegas da sua Fatec que ainda não responderam.

Atenciosamente,

Prof. Nilo Jeronimo Vieira

Coordenador Geral

Ciência sem Fronteiras

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O FORMULÁRIO

Categorias: Ciências Sem Fronteiras | Tags: , , | Deixe um comentário

MEC – Libera verba para Ciência sem Fronteiras

O Ministério da Educação liberou nesta quarta-feira, 6, R$ 568,3 milhões para pagamento bolsas de pós-graduação de mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor Visitante Sênior, iniciação Cientifica, professores, coordenadores pedagógicos e coordenadores-gerais do programa Idiomas sem Fronteiras. Em menos de dois meses, a atual gestão do MEC liberou mais de R$ 1 bilhão para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

“O nosso compromisso com a educação passa pelo fortalecimento do ensino e da pesquisa. As bolsas da Capes estão mantidas e os estudantes bolsistas podem ficar tranquilos”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Os recursos liberados beneficiam bolsistas da Capes no país e no exterior. A maior parte dos valores será destinada a ações relacionadas a bolsas de estudo no Brasil, que somarão R$ 195 milhões. Esse dinheiro beneficiará 89,1 mil bolsistas de diversas modalidades: mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor visitante sênior, iniciação científica, supervisão; além de professores, coordenadores pedagógicos e coordenadores-gerais do programa Idiomas sem Fronteiras.

Esta parte dos recursos também será destinada ao custeio de 150 programas de pós-graduação apoiados por meio do Programa de Excelência Acadêmica (Proex), e dos programas de pós-graduação em 70 instituições de ensino superior apoiados pelo Programa de Apoio à Pós-Graduação (Proap).

Para o Ciências sem Fronteiras serão destinados R$ 136 milhões, beneficiando 7,9 mil bolsistas e 71 projetos. Já programas tradicionais de cooperação internacional da Capes receberão R$ 40,4 milhões para pagamento de 2,8 mil bolsas e 859 projetos. No que tange a bolsas de educação a distância, o MEC repassará R$ 33,6 milhões para o pagamento de 17 mil bolsistas da Universidade Aberta do Brasil (UAB), além de beneficiar outros 160 mil estudantes de 56 instituições federais e estaduais de ensino superior.

Para a Educação Básica, o MEC repassará R$ 57 milhões para o pagamento de 73 mil bolsas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), 6 mil do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) e 1.100 bolsas do Observatório da Educação (Obeduc).

Os demais R$ 100 milhões serão aplicados em diversos programas e ações voltados para acesso à informação científica e tecnológica; fomento às ações de graduação, pós-graduação, ensino, pesquisa e extensão; avaliação da pós-graduação, entre outros.

O Programa Ciência sem Fronteiras é o maior programa de internacionalização já realizado no Brasil.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social -MEC

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Notícias - Brasil | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Retorno do Programa Ciência sem Fronteiras II

O Projeto de lei PLS 798/2015 que pode trazer de volta o programa Ciência sem Fronteiras ainda está na pauta do senado. Conversei com a assessoria dos Senadores Cristovam Buarque e Lasier Martins e o projeto pode não ser votado por erros de iniciativa na proposição do projeto. O abaixo assinado na comunidade AVAAZ continuará aberto e peço a todos que consideram o programa Ciência sem Fronteiras útil para a comunidade acadêmica que compartilhem o link e divulguem o abaixo assinado.

Para assinar clique neste link: https://secure.avaaz.org/po/petition/Senado_Federal_Brasilia_Aprovem_o_Projeto_de_Lei_PLS_7982015/?aUhlRkb

O projeto visa transformar o Ciência sem Fronteiras um  programa de estado, ou seja, um programa que continuará independente do partido político que administra o país.

Muito obrigado!

Prof. Nilo Jeronimo Vieira    –        23 de junho de 2016

Se você deseja  enviar um e-mail para qualquer Senador incentivando a aprovação deste ou de qualquer outro projeto utilize a lista pública disponível neste link.

senadores do Brasil 2016

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Intercâmbio, Notícias - Brasil | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Retorno do Programa Ciência sem Fronteiras

Será votado na próxima terça-feira no senado federal o projeto de lei PLS 798/2015 que pode trazer de volta o programa Ciência sem Fronteiras. Iniciei um abaixo assinado na comunidade AVAAZ e peço a todos que compartilhem o link e divulguem o abaixo assinado.

Todos que consideram a educação uma prioridade para um país justo, assinem a petição e compartilhem o link.

Para assinar clique neste link:  https://secure.avaaz.org/po/petition/Senado_Federal_Brasilia_Aprovem_o_Projeto_de_Lei_PLS_7982015/?aUhlRkb

O projeto visa transformar o Ciência sem Fronteiras um  programa de estado, ou seja, um programa que continuará independente do partido político que administra o país.

Muito obrigado!

Prof. Nilo Jeronimo Vieira

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Notícias - Brasil | Tags: , , , | Deixe um comentário

MEC e Ciência sem Fronteiras

O ministério da Educação liberou, nesta terça-feira (14 junho 2016 ), R$ 138,5 milhões para pagamentos de bolsas e auxílios do programa Ciência sem Fronteiras, correspondente à seleção de 2014. Os recursos foram repassados para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e deve beneficiar 9.851 estudantes no exterior.

saiba mais: http://www.brasil.gov.br/educacao/2016/06/mec-libera-r-138-milhoes-para-o-ciencia-sem-fronteiras

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Notícias - Brasil | Deixe um comentário

Ciência sem Fronteiras e ENEM

Informamos aos estudantes que sonham em fazer um intercâmbio pelo governo federal que as inscrições para o ENEM se encerram nesta sexta-feira – Dia 20 de Maio.

Lembramos que o ENEM foi requisito obrigatório para o programa Ciência sem Fronteiras e é obrigatório para diversos programas do governo federal, tais como: Prouni, SISU e FIES.

O Programa Ciência sem Fronteiras foi um marco na Educação Brasileira e colocou o Brasil nos trilhos da internacionalização. Apesar de “parado” em virtude da atual crise política em nosso país, há possibilidades do programa retornar. Portanto, não deixe de fazer o ENEM. Veja os posts anteriores sobre a obrigatoriedade do ENEM.

https://nrifatec.wordpress.com/2013/12/25/enem-e-obrigatorio-para-o-ciencia-sem-fronteiras/

Há diversos posts sobre a obrigatoriedade do ENEM.

A Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal apresentou o Projeto de Lei 798/2015 em dezembro de 2015 solicitando a continuidade do programa bem como a sua oficialização como política de Estado.

Saiba mais em: https://nrifatec.wordpress.com/2016/01/28/continuidade-do-programa-ciencia-sem-fronteiras/

Portanto, faça a sua inscrição no ENEM clicando no logotipo abaixo e prepare o seu futuro:

O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente. (Mahatma Ghandi)

enem-logo-2

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Intercâmbio, Notícias - Brasil | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Atenção: Última semana para inscrições no ENEM

Informamos aos estudantes que sonham em fazer um intercâmbio pelo governo federal que as inscrições para o ENEM se encerram nesta sexta-feira – Dia 20 de Maio.

Lembramos que o ENEM foi requisito obrigatório para o programa Ciência sem Fronteiras e é obrigatório para diversos programas do governo federal, tais como: Prouni, SISU e FIES.

O Programa Ciência sem Fronteiras foi um marco na Educação Brasileira e colocou o Brasil nos trilhos da internacionalização. Apesar de “parado” em virtude da atual crise política em nosso país, há possibilidades do programa retornar. Portanto, não deixe de fazer o ENEM. Veja os posts anteriores sobre a obrigatoriedade do ENEM.

https://nrifatec.wordpress.com/2013/12/25/enem-e-obrigatorio-para-o-ciencia-sem-fronteiras/

Há diversos posts sobre a obrigatoriedade do ENEM.

A Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado Federal apresentou o Projeto de Lei 798/2015 em dezembro de 2015 solicitando a continuidade do programa bem como a sua oficialização como política de Estado.

Saiba mais em: https://nrifatec.wordpress.com/2016/01/28/continuidade-do-programa-ciencia-sem-fronteiras/

Portanto, faça a sua inscrição no ENEM clicando no logotipo abaixo e prepare o seu futuro:

O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente. (Mahatma Ghandi)

enem-logo-2

Categorias: Ciências Sem Fronteiras, Intercâmbio, Notícias - Brasil | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.